mulher_bg.jpg

Sobre Elas

7 fatos sobre o coletor menstrual

coletor menstrualUm “copinho” tem chamado a atenção de muitas mulheres nos últimos tempos! Isso porque ele é uma alternativa bastante interessante para o uso de absorventes no período menstrual. 

Conhecido como coletor menstrual, o objeto – feito de plástico ou silicone – tem o formato arredondado e deve ser inserido dentro da vagina para coletar o sangue da menstruação. O coletor é  maleável, oque facilita sua colocação. 

 O seu uso tem tido destaque por ser uma opção mais ecológica e econômica – evitando a compra e descarte de dezenas de absorventes internos e externos. 

Para conhecer mais sobre este produto, enumeramos abaixo alguns dados interessantes sobre o coletor menstrual. Acompanhe para saber se esta é uma alternativa interessante para você.

 

  1. Boa opção

O coletor menstrual é uma ótima opção ao público feminino, pois substitui os absorventes, sendo também uma solução ecológica, prática, higiênica e econômica.

 

  1. Quando usar

Pode ser usado durante o dia e noite e também na hora de urinar. Além disso, seu uso é possível durante a prática de esportes e natação, inclusive por mulheres que apresentam grande fluxo menstrual.

Não são descritas contra-indicações, mas não é aconselhável para mulheres que nunca tiveram relações sexuais, pois ao colocar ou retirar o coletor, o hímen pode se romper.

O coletor deve ser retirado antes de relações sexuais.

 

  1. Como usar

O coletor menstrual deve ser inserido dentro da vagina e, se colocado corretamente, seu uso não causa nenhum tipo de incômodo para a mulher. O objeto deve ser retirado e limpo 3 a 4 vezes por dia e, depois de cada ciclo, deve ser submetido a  processo de limpeza, lavagem e fervura.

 

  1. Durabilidade e preço

O valor do coletor pode variar entre R$ 60 e R$ 100. Existem varias marcas , e a grande maioria vende dois tamanhos: um para a mulher que já teve filhos e o outro para quem não tem.

A  média de durabilidade de um coletor menstrual é de 5 a 10 anos.

 

  1. Riscos de infecção

Estudos mostram que o uso deste método não aumenta o índice de infecções vaginais e/ou urinárias. Sabe-se que com o uso de tampões, existe um risco aumentado de infecção vaginal , caso o absorvente interno permaneça  por mais de 4 horas dentro da vagina.

 

  1. Flora Vaginal

O coletor menstrual não altera a flora vaginal.

 

  1. Curiosidades

Considerando que as mulheres menstruam em média dos 12 até os 50 anos, o cálculo aproximado é de 10 mil absorventes, seja ele externo ou interno. O externo leva ao redor de 100 anos para se degradar na natureza, enquanto o interno leva até um ano.

 O coletor menstrual é mais viável e ecologicamente correto.

Compartilhe | |